O que e um CSQ (Certificado de Seleção do Quebec)?

Um CSQ é o documento emitido para candidatos aprovados nos programas de imigração de Québec para mostrar que eles foram selecionados para imigração.

Com um CSQ, um candidato pode solicitar ao governo federal a residência permanente.

O CSQ não é um visto de residência permanente e não pode ser utilizado para entrada no Canadá.

Importante observar: TODOS os programas de imigração através do Québec são formas distintas de alcançar o CSQ.

Uma vez recebido o CSQ, o procedimento de solicitação do visto de residente permanente se torna o mesmo.

Um pedido de residência permanente pode ser recusado no nível federal, após o requerente ter obtido um CSQ?

Sim. Uma demanda pode ser recusada na fase de processamento federal por vários motivos. A decisão de recusar um pedido no nível federal pode ser baseada em verificações de antecedentes criminais ou nos resultados de exames médicos.

Um pedido também pode ser recusado se as autoridades federais de imigração tiverem motivos para acreditar que qualquer uma das informações fornecidas na demanda seja falsa ou se as autoridades duvidarem da intenção do solicitante de residir no Québec.

Quem eu posso incluir em minha aplicação via ARRIMA?

O aplicante ao processo de imigração via Programa Trabalhador Qualificado no Québec pode incluir seu cônjuge ou parceiro(a) de direito comum em seu pedido, bem como filhos dependentes com 21 anos incompletos.

É importante observar que o Canadá reconhece uniões entre pessoas do mesmo sexo.

Se um candidato não fala francês ou inglês, ele ainda tem chances de receber um CSQ via ARRIMA?

Possivelmente. A seleção é feita em uma avaliação baseada em pontos. Se um candidato atender aos requisitos de pontos de seleção sem se utilizar da comprovação do francês ou do inglês, ele ou ela ainda poderá receber o CSQ.

Preciso saber falar francês para imigrar via a Província do Québec?

O Québec possui programas de imigração que não exigem francês, incluindo o programa de Trabalhadores Qualificados e também para os caminhos de imigração para negócios no Québec. No entanto, a maioria dos programas de imigração  oferece algum tipo de vantagem aos candidatos que possuem a proficiência do francês.

Por exemplo, o Programa Regular de Trabalhadores Qualificados usa um sistema de pontos para classificar os candidatos interessados. Os candidatos recebem muito mais pontos pela proficiência em francês do que pela proficiência em inglês. Em tempo, o francês é a maior pontuação do programa.

A única ressalva vale para o Programa de Experiência do Québec (PEQ) que exige proficiência na língua francesa, mas apenas em nível B2 (intermediário) para expressão oral e compreensão oral. O governo Quebequense entende que necessidades de comunicação em nível intermediário atendem à boa parte dos postos de trabalho em sua província. Dessa forma, não há um rigor de proficiência como o exigido em programas por pontos como o Express Entry.

Posso trabalhar no Québec depois de me formar?

Sim, desde que a Instituição de Ensino esteja listada no DLI do Canadá e o seu programa de estudos atenda à determinados critérios. É possível trabalhar pelo equivalente ao tempo de seu curso ou até mais em alguns casos. Para isso é necessário solicitar uma Permissão de Trabalho de Pós-Graduação (PGWP). 

PGWP – Post-graduation work permit

O PGWP é uma permissão de trabalho que os estudantes estrangeiros têm o direito de solicitar após completarem os seus estudos no Canadá. Não esqueça que você só terá este direito se o seu curso for elegível ao PEQ Estudo e a instituição constar na lista de instituições reconhecidas pelo Governo.

Você tem um prazo de 180 dias após a obtenção do diploma para solicitar o seu PGWP.

Não deixe a usa permissão expirar para solicitar o PGWP, isto pode te trazer problemas e taxas adicionais para a regularização do status.

O período de validade do PGWP dependerá da duração do seu visto de estudo, entretanto, a validade será pelo mesmo período que o visto, ou seja, se o visto for de 18 meses o PGWP também será de 18 meses.

Atenção aos detalhes

Antes de possuir o PGWP, o estudante estrangeiro detém duas permissões (vistos), um de estudo e outro de trabalho (20 horas no ano letivo e 40 horas nas férias) e o PGWP nada mais é do que a unificação destas permissões. Estas duas permissões irão se transformar em apenas uma – permissão de trabalho full time (40 horas).

Além do diploma, o estudante estrangeiro deverá ter um contrato simples de trabalho firmado com uma empresa do Québec. Este trabalho deverá ser full time dentro do NOC 0(zero), A ou B.

NOC (National Occupational Classification) é um sistema nacional que classifica e descreve todas as profissões no país.

O cônjuge tem direito ao PGWP?

O cônjuge, acompanhante do aplicante principal (estudante), também tem direito ao PGWP. Para que o cônjuge consiga o PGWP o aplicante principal deverá ter um contrato simples de trabalho firmado com uma empresa do Québec. Este trabalho deverá ser full time dentro do NOC 0(zero), A ou B.

Lembre-se que o cônjuge é o acompanhante do aplicante principal, você. Desta forma, as permissões que ele recebeu para estar trabalhando no Québec estão atreladas as suas permissões de estudo e trabalho. Sendo assim, as condições de permanência dele no Québec dependem da manutenção das suas permissões.

O PGWP é a oportunidade de permanecer por mais um período no Canadá e mais uma etapa do seu processo de imigração, porém, você poderá solicitá-lo apenas uma vez, então atenção às regras!

Como aplicar o PGWP?

Existem algumas maneiras de se candidatar ao PGWP, uma delas é fazendo tudo por conta própria, on-line, providenciando toda a documentação de forma eletrônica e incluindo os pagamentos de taxas com um cartão de crédito válido.

A outra forma, a mais indicada, é contratar um consultor regulamentado de imigração canadense, este profissional conhece todas as regras e atalhos dos programas de imigração e poderá, definitivamente, ser um aliado na conclusão positiva do seu processo.

Lembre-se de todo o tempo e dinheiro investidos até aqui, não corra riscos desnecessários.

Quais as provas de proficiência de francês aceitas no Quebec?

São reconhecidos pelo ministério da Imigração (MIFI) para os programas de imigração as seguintes provas de proficiência:

TEFAQ

TCF-Q

TEF

TEF Canadá

TCF

DELF

DALF

Posso cursar meu programa de estudos em inglês no Québec?

Sim, mesmo o Québec sendo um província francófona (francês como idioma oficial), boa parte de seus programas de estudo pós-secundário oferece cursos ministrados em inglês, principalmente se estivermos falando das universidades.

É importante estar ciente de que será necessário um esforço extra em aprender o idioma francês (nível intermediário B2) para ser capaz de realizar o teste de proficiência exigido pelo governo do Québec como pré-requisito para aplicação do CSQ ao final dos seus estudos, caso opte por aplicar através do PEQ Estudo.

Em nossa experiência catalogada através do feedback de centenas de clientes que fizeram essa escolha, é perfeitamente viável fazer um programa de estudo em inglês no Québec se considerar a grande Montreal como cidade alvo. O segundo idioma virá em seu dia-a-dia. Além disso, o governo do Québec ainda promove e incentiva o aprendizado do francês através de programas chamados de francisação. Neles é possível, inclusive, receber auxílio financeiro com apenas 9 horas de francês por semana.

Por outro lado, fazer um programa de estudos em francês pode contribuir positivamente em seu processo de imigração em razão do tempo de espera, pois alguns programas de longa duração (3 anos) dispensam o teste de proficiência do idioma por entenderam que é necessário dominar o idioma para cursar uma graduação em francês.

De toda forma, para viver plenamente no Québec e integrar-se a cultura e novos ciclos de amizade, aprender o francês é algo que deverá ser considerado importante em sua caminhada. A boa notícia é que falantes nativos do português ou espanhol tiram isso de letra em poucos meses de esforço vivendo no Québec.

Posso incluir meu cônjuge e meus filhos no programa do PEQ?

O aplicante principal à imigração via PEQ estudo (o estudante) tem o benefício de poder incluir o seu cônjuge em seu pedido, bem como filhos dependentes com 18 anos ou menos.

  • Pra os acompanhantes cônjuges ou parceiros(as) legais é concedido uma permissão de trabalho aberta com validade equivalente ao visto de estudo do aplicante principal.

  • Para filhos dependentes com 18 anos ou menos é concedido o direito à frequentar a escola pública gratuita.

* É importante observar que o Canadá reconhece uniões entre pessoas do mesmo sexo.

Qual a diferença entre imigrar através do Québec e imigrar para o Canada?

Québec é responsável por selecionar os imigrantes para se instalarem na província, por essa razão há uma legislação que funciona inicialmente desvinculada do processo federal. Para imigrar para o Québec, os candidatos devem primeiro:

1 – Obter um CSQ (é importante observar que um CSQ não é um visto de residência permanente)

2 – Após receber a aprovação no nível provincial (na forma do CSQ), o candidato deve enviar uma solicitação no nível federal para verificações médicas e de antecedentes criminais.

3 – Depois que um candidato é aprovado no nível federal, ele ou ela recebe a residência permanente.

Obs.: O Québec é a única província do Canadá que pode escolher os seus imigrantes e a única que possui programas de imigração próprios.

O Québec faz parte do Express Entry?

Não. Não é possível imigrar para o Québec através do Express Entry.

O Express Entry é um sistema de imigração projetado para trabalhadores qualificados. Trabalhadores qualificados interessados em imigrar para Québec só podem considerar o programa Quebec Skilled Worker ou o Quebec Experience Program.

O equivalente ao Express Entry no Québec chama-se ARRIMA. Lançado em 2018 para gerenciar aplicativos para o programa Quebec Skilled Worker (QSW), atua no processamento de pedidos de Expressão de Interesse (EOI).

A Província do Québec tem um Programa de Nominação Provincial?

Não. A imigração de Québec não possui um Programa de Nominação Provincial (PNP). Embora o sistema de imigração do Québec possa parecer semelhante a outros PNPs, tecnicamente o sistema do Québec é um sistema de imigração totalmente separado.

Quais são os requisitos necessários para obter um CAQ?

Ao solicitar um CAQ, o candidato deve garantir que ele atenda à todos os requisitos descritos pelo organismo de imigração do Québec, o Ministério da Imigração, Francisação e Integração (MIFI).

Para obter um CAQ para um programa educacional no Québec, um cidadão estrangeiro deve:

  • Possuir uma carta de aceitação de um DLI em Québec;

  • Pagar as taxas de inscrição pelo processamento de um CAQ;

  • Comprometer-se a fazer dos estudos a sua principal atividade no Quebec;

  • Garantir uma apólice de seguro de saúde e hospitalização durante a estadia;

  • Demonstrar meios suficientes de apoio financeiro para cobrir os custos de ensino e de vida enquanto resida no Québec;

Nota: É importante salientar que alguns critérios para o CAQ podem variar de pessoa para pessoa. Em alguns casos, não é necessário enviar a comprovação de todos esses itens listados e outros itens podem ser necessários.

Envie sua pergunta, se ela ainda não foi respondida ou não constar em nosso conteúdo, nós vamos postá-la aqui.