Saber falar os idiomas do Canadá é mais do que uma exigência para quem deseja estudar, trabalhar ou emigrar para o país. 

O Canadá tem duas línguas oficiais, mas o francês é o primeiro idioma apenas na província do Québec.

O Canadá é um país multicultural e aberto para estrangeiros, há comunidades de brasileiros e de diversas outras nacionalidades espalhados por todo o território canadense, por isso é possível encontrar empregos em estabelecimentos que falam português – no entanto, isso não significa que você conseguirá trabalho legal facilmente sem falar um dos idiomas oficiais do Canadá, tão pouco ser aprovado nos testes de francês exigidos para a obtenção do tão sonhado Visto de Residente Permanente.

A Québec Sem Fronteiras pensando nisso, criou um treinamento linguístico que deixará você apto a imigrar para o Canadá sem ter dificuldades de conseguir acompanhar as aulas do seu College ou conseguir uma oportunidade de emprego.

O nosso curso foi criado especialmente para pessoas que têm o desejo de imigrar para a província do Québec estudando ou trabalhando. Nosso material didático, conteúdos e carga horária foram pensados levando em consideração as necessidades de comunicação no contexto canadense e o período médio para os trâmites de imigração.

Aqui você aprende muito mais do que francês, você aprende a cultura da Província do Québec, desde a história, política, culinária, até a inserção profissional. Trabalhamos com o seu objetivo, seja qual for seu foco, isso certamente lhe motivará a aprender a sua nova língua. 

Nosso objetivo é deixar você pronto para chegar na Província do Québec, seja como turista, estudante ou imigrante. O nosso curso de francês tem como principal objetivo desenvolver as competências da expressão e da compreensão oral, pois saber falar e compreender será essencial a partir do momento de sua chegada no país.  

Nosso curso propõe a aprendizagem necessária para uma comunicação de nível intermediário, além de oferecer um bom conhecimento sobre a cultura da província. Ele está dividido em dois níveis (A1 e A2 do Quadro Comum Europeu de Referência para Línguas), com duração de 216 horas ao total. Somando-se as aulas das turmas temos mais 144 horas de conversação, totalizando 360 horas de francês em um período de 18 meses.

Por que estudar francês para morar no Canadá?

Porque o país tem como idiomas oficiais o inglês e o francês!

O Canadá foi colonizado por duas grandes potências, a Inglaterra e a França. Os britânicos conseguiram dominar boa parte da região, e é por isso que ainda hoje a Rainha Elisabeth II é também a rainha do Canadá.

Porém, mesmo o Canadá sendo britânico, a língua francesa foi conservada em uma pequena parte bem específica do país: a província do Québec, ou, como eles adoram chamar, a Belle Province. No Québec, portanto, o idioma oficial é o francês. 

A esmagadora maioria da população quebequense é francófona, e ainda hoje encontramos habitantes que não falam inglês, língua de ensino e idioma materno da província.

Assim, na Belle Province tudo é feito em francês: desde comprar seu pão ou passagem de metrô, contratar um serviço de telefonia, alugar um apartamento, até fazer uma entrevista de emprego.

Por que o francês?

O francês é a língua oficial em 29 países e tida como segunda língua em mais cinco. Com o domínio desse idioma, você poderá se comunicar em mais de 15% dos países do mundo!

Então, se já está planejando morar na Província do Québec, entenda que o conhecimento do francês é o elemento chave para garantir a sua adaptação e inserção profissional. 

Venha iniciar o seu projeto de imigração dando o primeiro passo: aprender a falar o francês conosco!

Níveis do francês

O francês, de acordo com o quadro europeu comum de referencia e dividido em 6 níveis.

A1 – Iniciante

Esse é o nível de introdução e descoberta da língua. Ao concluí-lo, você será capaz de fazer interações simples, falar sobre sua vida, profissão, gostos e preferências.

Pode entender e utilizar expressões familiares do dia a dia, bem como frases básicas direcionadas a satisfazer necessidades concretas. Pode se apresentar e responder perguntas sobre detalhes de sua vida pessoal. Pode ainda interagir de maneira simples com nativos desde que estes falem pausadamente, de maneira clara e que estejam dispostos a ajudar. 

A2 – Pré-Intermediário

O A2 marca a primeira etapa do nível intermediário em francês. Ao concluí-lo, você será capaz de fazer descrições, expressar opiniões, falar de forma simples de seus estudos e de suas experiências de trabalho.

Pode entender frases e expressões relacionadas a assuntos do dia a dia. Pode se comunicar de maneira simples em situações familiares que requerem troca de informações curtas e precisas. Pode descrever de maneira superficial aspectos sobre seus conhecimentos, ambiente onde vive e necessidades imediatas. 

B1 – Intermediário

O B1 é uma etapa essencial, pois consolida e solidifica o conhecimento intermediário de francês. Ao concluir esse nível, você será capaz de organizar seu discurso de forma coerente em diferentes áreas de interesse e alcançará uma interação mais rica na língua francesa.

Pode entender os pontos principais sobre assuntos do dia a dia como trabalho, escola e lazer. Pode lidar com situações cotidianas no país onde a língua é falada (viagem de turismo). Pode produzir textos simples sobre áreas familiares e de interesse. Pode ainda descrever experiências, eventos, sonhos, desejos e ambições. Além disso pode ainda opinar de maneira limitada sobre planos e discussões. 

B2 –  Avançado

A maior parte das formações universitárias propostas na França e outros países francófonos exige o nível B2. Ao concluí-lo, você será capaz de se expressar de forma clara e detalhada sobre um grande número de temas.

É capaz de entender ideias principais de textos complexos que tratem de temas tanto concretos como abstratos, inclusive textos de caráter técnico se forem de sua área de especialização.

Pode interagir com falantes nativos com um grau suficiente de fluência e naturalidade de forma que a comunicação ocorra sem esforço por parte de nenhum dos interlocutores. Pode produzir textos claros e detalhados sobre temas diversos, assim como defender um ponto de vista sobre temas gerais, indicando vantagens e desvantagens das várias opções. 

C1 – Superior

A partir do nível C1, o aluno atinge a autonomia, sendo capaz de utilizar a língua de maneira eficaz e flexível. Ao concluí-lo, você poderá compreender uma vasta gama de textos longos e complexos e de se expressar de forma clara e espontânea.

É capaz de compreender uma ampla variedade de textos extensos e com certo nível de exigência, assim como reconhecer nestes, sentidos e ideias implícitas. Sabe expressar-se de forma fluente e espontânea sem demonstrar muitos esforços para encontrar uma palavra ou expressão adequada. Pode fazer uso efetivo do idioma para fins sociais, acadêmicos e profissionais. Pode produzir textos claros, bem estruturados e detalhados sobre temas de certa complexidade, mostrando uso correto dos mecanismos de organização, articulação e coesão do texto. Capaz de entender por completo um filme sem legendas. 

C2 – Especialização

O C2 é o mais alto nível na escala global do Quadro Europeu, referência para o ensino de línguas. O estudante com esse nível se caracteriza pelo pleno domínio do idioma e pela extrema precisão em sua utilização.

É capaz de compreender com facilidade praticamente tudo que ouve e lê. Sabe reconstruir a informação e os argumentos procedentes de diversas fontes, seja em língua falada ou escrita, e apresentá-los de maneira coerente e resumida. Pode expressar-se espontaneamente com grande fluência e com um grau de precisão que lhe permita diferenciar pequenos matizes de significado, inclusive em situações de maior complexidade. 

Para o a Província do Québec interessa a partir do nível B2, ou seja, um nível intermediário/avançado.

E a partir deste nível que se começa a ganhar pontos no Programa Regular de Trabalhadores Qualificados.

Também é este nível que a Província do Québec vai exigir para os aplicantes via PEQ, seja estudo ou trabalho, para o requerente principal.

Já para o cônjuge, no caso do PEQ, seja estudo ou trabalho, o nível exigido será o A2, ou seja, um nível básico/intermediário.

Lembrando que para o PEQ Estudo e/ou Trabalho somente as competências de expressão e compreensão oral são avaliadas.

Agora descubra em qual nível de francês você se encontra! 

Agende agora mesmo uma avaliação de francês conosco.

Provas de proficiência

São reconhecidos pelo ministério da Imigração (MIFI) para os programas de imigração as seguintes provas de proficiência:

TEFAQ

TCF-Q

TEF

TEF Canada

TCF

DELF

DALF